Publicado por: osvaldopalmeira | junho 10, 2010

Geraldo Simões lança manifesto em defesa do Porto Sul

O deputado federal Geraldo Simões lançou um manifesto em defesa do Complexo Intermodal, que inclui a construção do Porto Sul, da Ferrovia Oeste-Leste e de um aeroporto em Ilhéus, além da implantação de uma Zona de Processamento de Exportações (ZPE) no Sul da Bahia. No manifesto, o deputado destaca que após 30 anos de crise atingindo a principal atividade econômica da Região do Sul da Bahia, a Lavoura Cacaueira, pela primeira vez os Governos Federal e Estadual abrem novas perspectivas de desenvolvimento para a região.

Simões cita que novas oportunidades, sem precedentes, surgem para nossa Região, como o Terminal do GASENE (Gasoduto Sudeste Nordeste), recentemente inaugurado em Itabuna, que será ligado ao futuro Gasoduto da BAHIAGÁS, chegando ao Centro Industrial de Ilhéus; as obras da FIOL (Ferrovia de Integração Oeste-Leste) que se ligará à Ferrovia Norte-Sul em Figueiropólis-To, atravessando todo o estado da Bahia, terminando em um novo porto na Ponta da Tulha; a ZPE e o novo Aeroporto Internacional de Ilhéus.

“O conjunto destas obras é o ideal para que nossa sociedade possa dar início à reconstrução do seu patrimônio social, econômico e financeiro. Acreditamos que a implantação de todos esses empreendimentos deva ser discutida com urgência e responsabilidade. Defendemos o Complexo Intermodal, combinado com a utilização sustentável do meio ambiente, ou seja, que ele seja explorado de forma  consciente, racional e equilibrada”, diz o parlamentar.

Geraldo Simões acredita que preocupar-se com a natureza é um dever de todos nós. “Todavia, nossa população vive sem perspectivas de futuro, em situação de pobreza e falta de qualificação profissional. Muitas famílias vivem de assistencialismo e não tem a menor condição de se auto-sustentar”, diz. Segundo ele, “não podemos embarcar em uma falsa visão dualista que coloca as populações entre a alternativa de promover o desenvolvimento ou preservar a natureza. O verdadeiro desenvolvimento sustentável tem que garantir as alternativas viáveis para a sobrevivência humana com dignidade, ao mesmo tempo em que cria alternativas de preservação da natureza e seus recursos”.

“Nem a riqueza gerada através de atividades predatórias, nem a miséria e o atraso convêm à humanidade. Venho manifestar meu apoio à manifestação pública marcada para o próximo dia 10, às 15 horas e participação por entender que é possível desenvolver nossa Região respeitando o Meio-ambiente e trazendo avanços sociais para o nosso povo, e não apenas a riqueza para uma minoria. Sim ao Porto, Ferrovia e Aeroporto. Sim ao desenvolvimento social e ambientalmente sustentável”, finaliza Geraldo Simões em seu manifesto.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: