Publicado por: osvaldopalmeira | março 30, 2011

Geraldo Simões apresenta projeto que garante cacau no chocolate

Daniel Thame

O deputado federal Geraldo Simões (PT/BA) apresentou nesta terça-feira (29) no Congresso Nacional, um Projeto de Lei que dispõe sobre a incorporação do cacau como matéria prima nos produtos que usam o termo chocolate, ou dele derivados, em sua denominação.

Pelo projeto, os produtos que estamparem a denominação de chocolate ou chocolate branco, ou termos correlatos que induzam o consumidor a entender que contenham chocolate ou chocolate branco em sua formulação, devem conter obrigatoriamente, respectivamente, massa de cacau, cacau em pó ou manteiga de cacau, e manteiga de cacau em quantidades mínimas a serem definidas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

De acordo com Simões, é  de conhecimento geral que vivemos uma época em que a preocupação com a saúde é fundamental. Cada vez mais os consumidores exigem saber o que comem e o valor nutricional dos alimentos. “No entanto é comum encontrarmos bonitas e atraentes embalagens, de doces e de outras guloseimas, que são enganadoras”, afirmou o parlamentar.

Simões citou o caso de produtos que se autodenominam chocolates e não tem cacau como matéria prima em sua composição. “Em condenável prática de marketing, vários produtos usam indevidamente o nome de ´chocolate´ ´chocolate branco´ ou ´achocolatado´´, induzindo o consumidor a pensar que está consumindo um alimento de alta qualidade nutricional, como é o verdadeiro chocolate, elaborado a partir do cacau, sua matéria prima básica”.

SUL DA BAHIA

“Ao consumir produtos ditos similares do chocolate, mistura química que imita sabores e odores do cacau, crianças e adultos são enganados e prejudicados e  levados a consumir produtos de qualidade duvidosa e de valor nutricional questionável”, alerta..

O chocolate é um alimento de alto valor energético e de conhecidas propriedades nutricionais, ao contrário dos produtos químicos que tratam de imitá-lo, de duvidoso valor energético e, muitas vezes, compostos de ingredientes associados a efeitos deletérios sobre o organismo humano.

O projeto apresentado por Geraldo Simões também tem a finalidade de valorizar a matéria prima essencial ao chocolate, o cacau, objetivando estimular seu consumo, beneficiando assim a seus produtores, particularmente de nossa região do Sul da Bahia.

“Convencido que está proposição é muito positiva para todos os consumidores de chocolate e achocolatados, assim como para a agricultura brasileira, conto com o apoio dos parlamentares  para aprovação do projeto  no Congresso Nacional”, finalizou Geraldo Simões.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: