Publicado por: osvaldopalmeira | abril 1, 2012

Veja alega que “não sabia” dos crimes de Carlinhos Cachoeira

Posted by eduguim

A edição desta semana da revista Veja comete uma contradição escandalosamente evidente para qualquer um que possua quociente de inteligência ao menos mediano: apesar de manter intensos contatos com uma imensa organização criminosa, a publicação, que se notabilizou por realizar intrincadas investigações, alega que “não sabia” das atividades dela.

Informações extraídas da investigação da Polícia Federal que prendeu dezenas de integrantes da quadrilha do bicheiro goiano Carlinhos Cachoeira mostram que expoentes da publicação da Editora Abril trocaram centenas de telefonemas com o criminoso. Em sua última edição, a revista admite esses e outros tipos de contato com ele e apresenta gravações da PF em que membros da quadrilha reclamam do editor da revista Policarpo Jr.

A revista não explica concretamente a razão de se relacionar tão intensamente com criminoso que chefiava uma quadrilha que, segundo inquérito judicial em curso, reunia “43 agentes públicos, distribuídos entre 6 delegados da Polícia Civil, 30 policiais militares, 2 delegados da Polícia Federal, 1 servidor administrativo da Polícia Federal, 1 policial rodoviários federal, 2 agentes da Polícia Civil e 2 servidores públicos municipais”.

Ao reproduzir diálogo de membros da quadrilha que reclamam do editor Policarpo Jr por não ter atendido uma solicitação que fizeram, a revista permite inferir que aquela solicitação (para que atacasse alguém que incomodava a organização criminosa) não foi atendida, mas que outras podem ter sido.

Afinal, se um bandido pede uma matéria a um órgão de imprensa, certamente o faz achando que poderia ser atendido. Certo?

Mas o pior só chega agora: uma organização criminosa do tamanho dessa que revelou a Operação Monte Carlo agia de maneira escandalosa em Goiás e uma revista que se especializou em denunciar escândalos, apesar dos intensos contatos com os criminosos, não notou nada?!

Supõe-se que a Veja e o resto da mídia tampouco notaram relações de Demóstenes Torres com Cachoeira, relações que o próprio senador anunciou, da Tribuna do Senado, que eram de amplo conhecimento público…

Sim, porque não se tem notícia de matéria alguma da Veja – ou do resto da grande mídia – sobre as atividades de Cachoeira até que a Polícia Federal desbaratasse a quadrilha.

A revista também faz uma afirmação no mínimo polêmica: afirma que seus jornalistas mantinham contato com Cachoeira e seus asseclas tanto quanto todos os jornalistas de outros grandes veículos. No entanto, até o momento só se tem informações sobre um grande meio de comunicação que se relacionava com os criminosos: a Veja.

Aliás, o blog já ouviu vários jornalistas de renome e nenhum deles reconheceu ter mantido qualquer tipo de contato com Cachoeira e companhia limitada, apesar de a revista Veja afirmar que “todos” os jornalistas de “todos” os grandes veículos falavam ou se encontravam fisicamente com ele o tempo todo, como os seus.

Se isso fosse verdade, a investigação da Polícia Federal deveria ter detectado esses outros contatos entre os bandidos e jornalistas, mas, até agora – repito –, só um grande meio de comunicação apareceu conversando ou se encontrando com a quadrilha e com seu chefe.

Supõe-se que outros jornalistas de renome e outros grandes meios de comunicação sairão a campo para confirmar ou negar a informação da Veja, pois ela envolve a todos eles com uma organização criminosa.  E se todos tinham tais relações, resta explicarem por que jamais desconfiaram de nada, pois jamais publicaram matéria alguma denunciando.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: